Lion’s Head: Como subir essa montanha?

Montanha Lion’s Head em Cape Town

Quando compramos a passagem para África eu já ficava imaginando os hikkings que poderíamos fazer com nossos convidados queridos Talita e Humberto. Quando lancei a ideia de subir a Lion’s Head todos toparam e juntos escolhemos o amanhecer para fazer isso.

Essa montanha é bem legal pra quem quer ter uma primeira experiência. A trilha é bem demarcada. Muitas pessoas, todos os dias, sobem o local. Fomos numa segunda-feira e tinha bastante gente. Não é necessário nenhum guia. A subida depende do ritmo de cada um, mas reserve 2 horas para o trecho. O amanhecer e o por-do-sol são os horários mais procurados.

Saímos do ap as 4h30, com planos de iniciar a trilha as 5h da manhã. Para achar o ponto de partida é só colocar “Lion’s Head”no google maps e ir. Na entrada há vagas pra deixar o carro.

O que levar

Recomendo levar o básico: água, lanche, tênis confortável (não há necessidade de botas impermeáveis), um casaco e roupa leve. Na ida vai fazer um friozinho e lá em cima também, porém na volta o sol vai esquentar bem, então tenha uma roupa leve por baixo.

Leve lanterna. Usamos a de cabeça para ficar com as mãos livres. Luvas podem ser úteis também.

Não esquece de levar a câmera fotográfica. Além da vista da Cidade do Cabo (Cape Town), você ganha de brinde, a Table Mountain, a costa cenográfica e o imenso oceano. Tudo isso com o nascer do sol dá um dos mais lindos espetáculos da vida.

Como é a subida/descida da Lion’s Head

O começo é íngreme, mas bem largo (passa um carro). Depois você começa a rodear a montanha. A Lion’s Head é basicamente um cone. Nessa parte a trilha fica mais estreita, passando um de cada vez. Esse parte é mais pedregosa de forma que você sobe degraus com frequencia.

Toda a subida fizemos no escuro, chegamos ao topo com o sol amanhecendo. Fomos em julho de 2018, verifique o horário de nascer e por do sol da época que você for. (sugestão de site para pesquisar o horário https://www.sunrise-and-sunset.com/pt/sun/africa-do-sul/cape-town)

Chega um momento que a trilha começa a ser mais difícil. Há um bifurcação. Você pode optar por um caminho mais longo, porém menos íngreme, ou um shotcut porém mais acentuado. Inclusive esse trecho tem grampos de escalada (nada que necessite equipamento de alpinismo, mas requer mais condicionamento físico).

Escolhemos o caminho longo. Mesmo assim no final da trilha tem umas escadas pra encarar… garanto que compensa. Nesse ponto a luz já ajuda também.

O Thiago achou a volta pior. Primeiro porque força mais o joelho, segundo porque dá pra sentir a altura dos barrancos com a visibilidade do sol raiando. Descemos pelo shortcut e passamos pelos grampos (nada impossível rrsrsrs).

Saímos todos ilesos do passeio e com aquele gostinho de vencer mais uma montanha. Lion’s Head foi incrível.

Como é lá em cima da Lion’s Head

O topo tem um grande área plaina. Há espaço para várias pessoas. Você vai conseguir fazer sua foto com tranquilidade. Venta bastante lá em cima.

O sol nasce no sentido Cape Town/Oceano. A sua direita a Table Mountain, atrás a costa do cabo e a esqueda o mar. (veja o post da Table Mountain http://www.fuinamala.com.br/table-mountain-a-queridinha-de-cape-town/)

Ficamos lá em cima uns 40 minutos. Tiramos muitas fotos, fizemos nosso café da manhã e nos preparamos para descer.

Quando for a Cape Town NÃO deixe de conhecer esse espetáculo de montanha! Chegar ao topo é sempre sensacional. Se você já foi deixe suas dicas aí nos comentários.

Lion’s Head

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *