Fernando de Noronha: é possível

SIM! É possível…Conheça o paraíso que a ilha de Fernando de Noronha é!

Como chegar em Fenando de Noronha

Fernando de Noronha é uma ilha de 26 km2 rodeada de outras dezenas de ilhas menores. Os voos para lá só partem de Recife – PE e Natal – RN.

Para entrar na ilha é preciso pagar a Taxa de Preservação Ambiental – TPA no valor de R$ 73,52 por dia. Você pode preencher o formulário e realizar o pagamento online através do site http://www.noronha.pe.gov.br/turPreservacao.php.
Outra opção é fazer no momento do desembarque no aeroporto de Noronha. (Dados em julho/2019)

Além da TPA, existe uma outra taxa, na verdade é como se fosse um ingresso. Ele lhe dará direito a acessar algumas áreas da ilha que eles classificam como Parque Nacional Marinho. O valor é de R$ 106,00 para brasileiros e R$ 212,00 para estrangeiros, válidos por 10 dias. É possível adquir os ingressos online através do site https://tickets.parnanoronha.com.br/ou na sede do ICMBio a qualquer momento da sua visita. Apesar de ser opcional, não tem como ficar sem. Uma vez que as praias mais procuradas como Baia do Sancho, praia do Sueste e Atalaia exigem a carteirinha para acesso.


No exemplo colorido, toda área em amarelo é considera Parque Nacional Marinho da ilha de Fernando de Noronha.

Hospedagem em Fernando de Noronha

As opções de hospedagem na ilha são apenas pousadas e hostels. Provavelmente o airbnb irá apontar para essas acomodações ou quartos dentro da casa de moradores.

É impossível falar de valores pois a variação é muito grande. Nós optamos por um quarto de hostel com 4 camas para ficar somente nós no quarto. Dessa forma o valor da diária foi de R$ 75,00 por pessoa. Os banheiros eram coletivos e não tinha café da manhã. Naturalmente existem opções luxuosas como a Pousada Zé Maria que tem diárias a partir de R$ 900,00.

Locomoção

As opções de locomoção na ilha são variadas. Tem aluguel de bike, moto, carro e buggy, além do transporte público e dos taxis. A necessidade/valores precisam ser analisados.

Caso você planeje adquirir passeios com as empresas, eles oferecem transfer de ida e volta. Supondo que você vai ficar o dia todo em uma praia, ou em praias próximas o ideal é ir de taxi.

Recomendaria ir de ônibus apenas no porto e na praia do Sueste que ficam próximas ao ponto. As demais será necessário uma boa caminhada por estradas de terra ou de pedras.

Praia do Sueste – Entrada

Para o nosso perfil e também por estarmos em 4 pessoas decidimos alugar um buggy. Certamente é o transporte mais popular na ilha de Fernando de Noronha. Uma vez que o mesmo carrega até 5 pessoas foi ideal para nosso grupo.

Pegamos vários contatos durante uma caminhada até a praia no primeiro dia. Começamos as negociações, as diárias estavam em torno de R$ 300,00. Com muita insistência e pelo fato de ser 4 diárias à vista, conseguimos um ótimo desconto. (R$250 em julho de 2019).

A dica que deixo para quem for alugar é experimentar o buggy antes. A frota da ilha é grande e nem todos recebem manutenção adequada. Então cuidado pra não estragar seu passeio, exija um veículo em boas condições.

Há apenas 1 posto em Fernando de Noronha. Fique atento aos horários de funcionamento. Quando fomos abria as 7h e fechava as 19. Valor do gasolina R$7 reais o litro (julho/2019)

Alimentação

Agora vamos falar do que interessa, comida! rsrs. Para muitas pessoas, pagar 70, 80 reais em um prato não é muito prazeroso. Mas poxa, você está em uma ilha no meio do nada! Mas se acalme, se você é do tipo controlado e prefere economizar, existem boas opções. Nós comemos de tudo um pouco, marmita, prato feito, lanche, tapioca, pizza, massa, à la carte. Nós comemos de tudo um pouco, marmita, prato feito, lanche, tapioca, pizza, massa, à la carte.

Para quem quer comer bem e economizar indicamos o Restaurante Valdenio. Por R$ 35,00 você escolhe a carne e mais 4 acompanhamentos, funciona no almoço e jantar no mesmo valor.

Encontramos marmita por R$ 20,00 no Restaurante Tio João a caminho do nosso Hostel. O lanhe comemos na Burgueria, são hamburgues artesanais a partir de R$ 38,00, muito bons.

Na Tapioca da Babalu tem opções de lanches também com valores bem acessíveis.

A pizza foi na Forno Noronha. As grandes custavam de R$ 90 a R$ 130. É a única de Fernando de Noronha com forno a lenha. Se fizer o mergulho na empresa Aguas Claras tem 10% de desconto.

Alguns restaurantes um pouco mais sofisticados são o Flamboyant, Cacimba, Varanda, Acqua. Desses jantamos no Flamboyant, todos pediram massa e ficou em torno de R$ 65,00 por pessoa.

Almoçamos no Acqua que fica dentro do Hotel Dolphin. A primeira impressão é de um ar de requinte. Pedimos dois pratos que serviam duas pessoas cada. Consequenemente dividimos entre os quatro, ficou R$ 120,00 por pessoa. Sempre que viajamos escolhemos um lugar assim para deixar a experiência gastronômica mais completa.

Passeios

Quanto aos passeios, existem várias opções e diversas empresas oferecendo seus serviços. Os mais comuns são o Ilhatur onde você passa o dia todo com um guia visitando as principais praias. Portanto, ideal para quem vai ficar poucos dias.

Já o passeio de barco tem duas modalidades. Na primeira, o barco percorre toda extensão do mar de dentro, um guia vai explicando a história de cada praia. Depois, na volta o barco para por 40 minutos na Baía do Sancho para mergulho livre, dura aproximadamente 3 horas. Nesse passeio a chance de ver golfinhos é de 90%. Em um determinado momento eles acompanham o barco é um espetáculo incrível.

A outra opção é aquasub ou prancha vip. Esse passeio percorre um caminho menor. Nele você será rebocado pelo barco segurando em uma prancha que parece uma meia lua. Deste modo, ao inclinar a prancha você mergulha (afunda) e curte toda vida marinha como se estivesse voando. Não fizemos esse, mas eles garantem que qualquer pessoa consegue fazer.

Existem muitas trilhas e além das empresas, muitos guias locais oferecem esse tipo de serviço. Todos esses passeios tem um valor entre R$ 160 e R$ 200. Com toda certeza, fechar pacotes com mais de um tipo de passeio gera uma boa economia.

Mergulho em Fernando de Noronha

Os mergulhos são a cereja do bolo. Sendo assim, não tem como ir a Fernando de Noronha e não realizar um mergulho de cilindro.

DCIM\100GOPRO\GOPR8286.

Eles classificam o passeio em dois tipos. Primeiro o mergulho de batismo – para quem não tem a credencial. Segundo o mergulho credenciado – para que já fez o curso e está habilitado para operar o equipamento sozinho.

Nós realizamos o batismo e foi SENSACIONAL! As empresas que pareciam ser as mais cotadas são a Águas Claras e a Noronha Diver. Os valores giram em torno dos R$ 600,00 por pessoa. Está tudo incluso. Transfer de ida e volta, o barco para levar até o ponto do mergulho, toda roupa, acessórios e equipamentos necessários. Assim como o treinamento que acontece no barco durante o percurso. Também está incluso o seguro. Certamente faríamos de novo.

Texto escrito por Humberto Silva – parceiro de viagens do #Fuinamala. Obrigado!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *